'
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin
Compartilhe | 
 

 Gravidez- semana a semana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Gravidez- semana a semana   Qui Jul 09, 2009 1:29 pm

Aqui pode saber tudo o que acontece com o seu bebé, de semana para semana:

  • 1º semana: a primeira semana, é a última semana da sua menstruação. O que nem sempre aconteça com todas as mulheres, porque cada corpo é de uma forma diferente e tudo varia do seu sistema hormunal.
    A ovulação que é a libertação do óvulo pelo óvario, que ocorre 14 dias antes da próxima menstruação.
    O corpo começa a preparar-se para receber um novo óvulo que pode ser fecundado. Dentro das modificações maternas, o endométrio, que é uma camada mais interna do útero, prolifera para receber o óvulo fecundado d o muco cervical torna-se menos consistente, facilitando a passagem dos espermatozóides através do colo uterino. No dia da ovulação, o corpo pode ter sua temperatura elevada em 1°C. O óvulo liberado pelo ovário migra para a trompa.
    O melhor é planejar a vinda do bebê, pois assim poderá evitar o uso de fumo, drogas, bebidas e anticoncepcionais no início da gravidez que podem trazer prejuízos ao desenvolvimento do bebê, preparando o seu corpo para que receba o embrião da melhor forma possível.
    Existem ações que são feitas antes mesmo da gravidez começar que ajudam na prevenção de doenças.
    Uma delas é a ingestão de ácido fólico três meses antes da concepção e no primeiro trimestre da gravidez. Essa atitude traz maiores benefícios para o fechamento do tubo neural do bebê e previne contra a chamada anemia macrocítica. O ácido fólico é encontrado em alimentos como brócolis, espinafre, gema de ovo, fígado, feijão, peixes, mas em quantidades insuficientes para suprir as necessidades da mulher que deseja engravidar.
    Se o tubo neural não se fechar completamente provocará defeitos na coluna vertebral e problemas no desenvolvimento neurológico do bebê. A ultrassonografia de 2º trimestre é importante no diagnóstico de patologias associadas ao fechamento do tubo neural.
    Às vezes só com alimentação a ingestão de ácido fólico não é suficiente. Seu médico saberá te indicar a dose certa.


  • 2º semana: A fecundação, isto é, o encontro do óvulo com o espermatozóide, ocorre ao fim da segunda semana, geralmente na trompa.
    Um único espermatozóide de milhares contidos no sêmem do homem é capaz de fecundar o óvulo. Nesse momento, as características físicas do seu bebê são definidas como a cor dos olhos e cabelo, sexo e estatura.
    O ovo ou zigoto, como o óvulo fecundado é denominado, passa a se dividir em milhares de células enquanto se dirige ao útero que se prepara para recebê-lo tornando-se mais espesso.
    O álcool usado excessivamente durante a gravidez traz sérios prejuízos ao desenvolvimento do seu bebê.
    Uma mãe alcoólatra pode causar no seu bebê a "Síndrome fetal pelo álcool", que tem como seqüela o retardo mental.
    Bebida alcoólica para a mãe é desaconselhável.


  • 3º semana: Nesta semana o zigoto se implanta no endométrio (revestimento do útero) podendo ocorrer um pequeno sangramento que não prejudica a gravidez ou um corrimento vaginal intenso.
    O zigoto continua a se multiplicar e desenvolver rapidamente. A partir do momento em que se implanta no útero, começa a formação da placenta.
    A placenta alimenta o bebê durante toda a sua estadia dentro do útero. Ao fim da gravidez, esta pode chegar ao peso de 400g.
    Se a mãe pudesse ver esse pequeno aglomerado de células, o tamanho seria de uma cabeça de alfinete.
    Nenhum sintoma é sentido pela mãe ainda. Só uma mulher que conhece muito bem seu corpo e estiver muito atenta a qualquer sintoma diferente saberá que está grávida.
    Ficar longe dos cigarros e de pessoas fumantes é a melhor opção da futura mãe. Os cigarros, além dos prejuízos para a mãe, podem causar aborto, partos prematuros e baixo peso ao nascer, mesmo que o bebê não seja prematuro.
    Precisa de mais para ficar longe dos cigarros? Claro que não.


  • 4º semana: A menstruação esperada não aparece. Aqui a suspeita da gravidez começa. Alguns sintomas podem começar, tais como seios doloridos e inchados, escurecimento da aréola, cansaço, sonolência e náuseas.
    O zigoto mede um pouco mais de 1mm. Ele começa a se dividir em três tecidos diferentes (folhetos germinativos):
    - ectoderma - que futuramente será pele, cabelos, olhos, esmalte dos dentes e sistema nervoso

    - mesoderma - se transformará em esqueleto, músculos, rins, coração e vasos sangüíneos

    - endoderma - formará os pulmões, fígado, sistema digestivo e o pâncreas.

    A placenta ainda se desenvolve. Ela trará oxigênio e nutrientes para o embrião, além de produzir os hormônios da gravidez (progesterona e estrogênio). Ela está ligada ao embrião pelo cordão umbilical, em formação como a rede vascular, que fará trocas com o sangue materno.
    Ao fim dessa semana, o zigoto apresentará também um tubo neural (que será o sistema nervoso), notocorda e intestino primitivo (arquêntero). O embrião estará alojado na parte superior do útero envolvido por uma bolsa cheia de líquido amniótico chamada de saco gestacional, que o protegerá de traumas e infecções até a 12ª semana ou 3 meses.
    O líquido anmiótico se renova a cada seis horas e chega a 1 litro ao fim da gravidez.
    A confirmação da gravidez pode ser diagnosticada através de exames de urina ou de sangue.
    Todos têm grandes probabilidades de acerto, mas o exame de sangue é o mais precoce e confiável (a partir de 15 dias da concepção).
    Tanto na urina como no sangue é identificado o hormônio gonadotrofina coriônica que só a placenta produz.


  • 5º semana: O zigoto já é chamado de embrião e mede 2mm.
    O esqueleto do bebê começa a se formar, assim como o coração. O sistema nervoso central (base para o cérebro e medula espinha) e músculos ganham forma.
    Com as alterações hormonais, as unhas das futuras mães podem ficar mais resistentes. Poderá sentir vontade de urinar constantemente e isso a acompanhará a gravidez toda. Alterações no humor também podem aparecer.
    Para aliviar o cansaço, alimente-se de modo balanceado e saudável. Nunca tome remédios, mesmo os quais esteja acostumada, sem consultar o seu médico. Eles podem atrapalhar no desenvolvimento do seu bebê.
    Os enjôos são mais freqüentes, o olfato fica mais apurado por causa das alterações hormonais. Isso ocorrerá somente no primeiro trimestre da gravidez.
    Para aliviar os enjôos, não fique muito tempo sem comer, coma pelo menos a cada três horas, evite gorduras e beba bastante líquido (não quando estiver enjoada).
    Após o diagnóstico de gestação pela dosagem hormonal, o pré-natal já pode ser programado. Na primeira consulta, devem ser realizadas as investigações de possíveis queixas, a orientação quanto aos sintomas e a solicitação de exames laboratoriais de rotina para a identificação de possíveis patologias que possam gerar problemas no transcorrer da gravidez, como anemia, infecção urinária, sífilis, rubéola, toxoplasmose, AIDS, diabetes.
    Atenção ao seu tipo sanguíneo
    É bom saber o seu tipo sanguíneo, pois ele pode reagir com o sangue do bebê na hora do parto.
    Se o tipo sanguíneo da mãe for Rh negativo e do bebê Rh positivo, na hora do parto esses sangues entrarão em contato. Se for a primeira gravidez da mãe não haverá problemas, pois o corpo dela reagirá com a formação de anticorpos para o tipo de sangue Rh positivo.
    Mas se for a segunda gravidez, os anticorpos já existentes da primeira gestação irão atacar o sangue Rh positivo do bebê, provocando eritroblastose fetal, que causará anemia profunda, surdez e deficiência mental no bebê.
    Diante disso, a mãe deve procurar um médico para saber seu tipo sanguíneo e fazer exames no primeiro e último trimestre da gestação e se preciso tomar uma vacina para prevenir esse problema durante o parto.
    É importante lembrar que o uso de tinturas, alisantes ou qualquer produto químico no cabelo é prejudicial ao bebê, pois substâncias entram na corrente sanguínea da mãe e podem chegar até o feto.
    Peça orientação ao médico de quais produtos e a partir de quando usar.
    Ingestão de bebidas alcoólicas são desaconselháveis. Fumar cigarros ou estar perto de quem fuma também.


  • 6º semana: O tamanho do embrião é de 4mm. A medida é feita por ultrassonografia endovaginal, da cabeça ao bumbum, pois o bebê permanece encolhido em forma de "C" e não é possível medir por inteiro. Na última semana de gestação citaremos a medida total.
    O coração, um minúsculo tubo, já começa a bater. O cérebro cresce.
    Nesse período tem que tomar muito cuidado com seus hábitos e alimentação. Partes importantes estão se desenvolvendo e más formações podem acontecer. Coração, pulmões, fígado, intestino e rins estão se desenvolvendo. O tubo neural (parte que liga o cérebro com a coluna vertebral que está sendo delineada) se fecha. Características da face começam a aparecer.
    Brotos dos membros superiores e inferiores estão em fase de formação.
    A mãe pode notar que a cintura aumentou um pouco. É normal a futura mãe se enjoar muito, não comer direito ou vomitar, podendo perder peso, mas algumas mulheres já começam a ganhar algumas gramas ou até quilo.
    Enjôos ainda são freqüentes, azias e prisão de ventre podem aparecer como desejos por alguns alimentos e repulsas por outros.
    Cuidados com o peso
    Desde o início da gravidez é preciso muita atenção com a alimentação. É ela que garantirá o ótimo desenvolvimento e crescimento fetal. Mas boa alimentação não quer dizer "comer por dois!".
    Um ganho de peso exagerado aumenta os riscos de sua gestação desenvolver complicações para você e seu bebê até durante o parto. Portanto, procure ganhar em torno de 1 a 1,5 quilo por mês.
    Faça refeições balanceadas ricas em nutrientes, como cálcio, vitaminas, ferro, magnésio, iodo e zinco. Beba muito líquido, de preferência água.
    Cuidados também para a mãe que enjoa muito e chega a vomitar. Perda de peso é tão perigoso quanto exagerado ganho.
    Nos dois casos, procure sempre seu médico para pedir orientações.


  • 7º semana: Nesta semana há um crescimento rápido. Ao fim da sétima semana o embrião pode chegar a 13mm e pode pesar 0,8g.
    Pulmões, rins e órgão sexual interno estão quase formados. São perceptíveis à ultrassonografia endovaginal os olhos, orelhas e boca. O coração bate a 150 batimentos por minuto e já faz circular sangue pelo corpo.
    O cordão umbilical desenvolve-se e a placenta está pronta. Os primeiros movimentos começam, mas ainda não são sentidos pela mãe.
    Mudanças no corpo da mulher ainda não são notadas pelas outras pessoas. Há o fechamento da passagem do colo do útero que tornará a abrir na hora do parto. Se a prisão de ventre for muito incômoda, tome muito líquido e coma alimentos ricos em fibras.
    Exames extras
    Existem exames específicos que servem para descobrir se há algum risco de o bebê nascer com problema genético ou congênito.
    São exames escolhidos dependendo da idade e saúde materna e do histórico familiar do casal.
    Converse com seu médico e verifique se são necessários para você.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Qui Jul 09, 2009 2:17 pm

  • 8º semana: O embrião chegará a 20mm esta semana e pode pesar quase 3g.
    Haverá um rápido crescimento nas próximas semanas. As partes mais importantes já estão formadas,
    mas ainda não funcionam. Elas ainda crescerão e ficarão mais especializadas.
    Formam-se os dentes e músculos faciais. Braços e pernas estão se alongando e os dedos estão visíveis.
    No caso dos menininhos, o pênis começa a aparecer e o esqueleto a se ossificar.
    A mãe pode sentir dor na parte inferior do seu abdome por causa do crescimento do útero ou de sua contração.
    O útero cresce, mas ainda não é perceptível por fora.
    Enjôos e azias ainda podem aparecer.
    Toxoplasmose
    É uma doença transmitida por fezes de gatos e pombos.
    Não traz prejuízos para a mãe, mas pode causar problemas de visão, fígado e atrofia cerebral no bebê.
    Faça exames antes de engravidar ou quando descobrir a gravidez para se fazer as prevenções possíveis.
    Se estiver tudo bem, previna-se da toxoplasmose lavando sempre bem as mãos e comendo alimentos bem cozidos.


  • 9º semana: O tamanho do embrião deve ser do tamanho de uma uva, com cerca de 28mm e pesando cerca de 4g.
    Ele tem um tamanho desproporcional.
    Sua cabeça é bem maior em relação ao seu corpo, como seus membros superiores são maiores que seus membros inferiores.
    Sua pele é tão fina quanto a pálpebra que cobre seus olhos. O clitóris se forma (caso o bebê seja do sexo feminino),
    mas ainda não é possível saber o sexo do bebê.
    Pescoço está bem desenvolvido assim como suas mãos, pés e orelhas.
    As gengivas da mãe podem dar uma amolecida, os cabelos ficam menos oleosos e a pele mais limpa.
    As roupas usuais já estão mais apertadas, precisando de novos sutiãs e roupas mais confortáveis.
    Informações orais
    As mães podem apresentar problemas dentários durante a gravidez.
    Esses problemas sempre estiveram associados à falta de cálcio no organismo.
    Hoje se sabe que acontece uma alteração na saliva das gestantes por causa dos hormônios da gravidez que provocam cáries e sangramentos gengivais.


  • 10º semana: Começa o período fetal. O embrião agora é chamado de feto. Seu comprimento varia de 30 a 42mm e seu peso aproximado é de 5g.
    Cerca de 250 mil novos neurônios são produzidos a cada minuto. O coração está pronto.
    Os olhos deslocam-se para frente e os dedos começam a separação.
    Já se passou a fase crítica de malformações congênitas, mas fique sempre atenta, pois drogas e raio-X ainda atrapalham o desenvolvimento do feto.
    través da ultra-sonografia é possível medir a translucência nucal, exame que pode indicar o diagnóstico de Síndrome de Down.
    O corpo da mãe está mais redondo, a glândula tireóide está maior devido ao aumento de hormônios. Isso provoca sensibilidade, irritação e choro fáceis.
    Por outro lado, o mal estar como os enjoos e azia diminuem.
    Quarto do bebê
    A futura mãe já pode começar a pensar no projeto do quarto do bebê.
    Conferir lojas ou revistas especializadas podem ajudá-la com dicas desde decoração, cores e temas,
    quais móveis necessários até sobre segurança dentro do quarto e o que pode provocar alergias.


  • 11º semana: A medida do feto pode variar e chegar até 60mm e pesar 8g.
    Sua cabeça é metade do corpo, pois o cérebro cresce rápido.
    O intestino já é capaz de realizar movimentos peristálticos (pequenas contrações naturais). Nascem folículos de pêlo sobre a pele, assim como as unhas. É possível observar estômago e bexiga.
    A mãe pode sentir mais calor nessa fase. Há um aumento do volume de sangue no corpo que também provoca crescimento mais rápido de unhas e cabelos.
    Sexo do bebê
    Daqui a algumas semanas já será possível detectar o sexo do seu bebê (18ª semana), que é determinado desde da concepção.
    É o espermatozóide o qual fecunda o óvulo que determinará o sexo do bebê. Sabe por quê?
    Porque as mulheres têm cromossomos sexuais do tipo XX e os homens do tipo XY. O embrião leva um cromossomo da mamãe e outro do papai.
    Sendo a mulher XX, o óvulo que produzirá terá o cromossomo X, já os espermatozóides podem levar o cromossomo X ou Y.
    Se o espermatozóide que fecundar o óvulo contiver o cromossomo X, o embrião ficará com dois cromossomos X, o que determina o sexo feminino. Agora, se o espermatozóide que fecundar o óvulo contiver o cromossomo Y, o embrião terá os cromossomos XY, o que determina o sexo masculino.
    Ou seja, se os pais programarem um menino e nascer uma menina, por exemplo, a "culpa" é toda do papai, que mandou um X em vez de Y.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Qui Jul 09, 2009 5:39 pm

  • 12º semana: O comprimento do feto neste período é de 61mm e seu peso de 13g.
    A face do bebê já tem aspecto humano. Os dedos das mãos e dos pés estão separados e as unhas continuam crescendo.
    Ainda não é possível senti-lo, mas ele se movimenta bastante dentro do útero. A placenta agora é responsável pela sua nutrição.
    A boca abre e fecha e pode sugar e engolir líquidos que o envolve. Seu corpo começa a produzir alguns hormônios.
    Por volta dessa semana é possível em alguns casos ouvir os batimentos cardíacos do bebê em sua consulta médica.
    Agora a mãe já não sente enjôos, azias ou dores nos mamilos. Em algumas mulheres já se pode notar uma “barriguinha”, já que o útero cresceu um pouco.
    A vontade de ir ao banheiro aumenta, já que o crescimento do útero comprime a bexiga.
    Até aqui, um exame ultrassonográfico deve ter sido realizado para confirmar a idade gestacional (6ª a 12ª semana), para avaliar a viabilidade da gravidez e para medir a translucência nucal (10ª a 12ª semana).
    Alerta
    Procure seu médico imediatamente se caso você comece com sangramento vaginal ou corrimento vaginal forte, dor ou alteração abdominal, dores de cabeça fortes e constantes, dor ou sensação de ardor ao fazer xixi, vômitos freqüentes, desmaios ou confusão mental.
    Quanto mais cedo for diagnosticada a causa desses sintomas melhor será o prognóstico.


  • 13º semana: O bebê pode chegar a 78mm de comprimento e pesar em torno de 20g.
    O feto está completamente formado, cabeça e corpo estão ficando proporcionais.
    Agora se inicia a fase de maturação dos órgãos. Engole líquido amniótico e o excreta como urina no próprio líquido que é renovado a cada três horas.
    O útero ocupa a parte superior da pelve, mais ou menos 10cm abaixo do umbigo. Alguns quilos a mais aparecem e a irritabilidade diminui. Fique atenta a todos sinais de seu corpo.
    Conhecendo seu corpo - parte I
    Você sabe para quê serve o útero e o líquido amniótico?
    O útero é o órgão que guarda e protege o feto, líquido amniótico, placenta e cordão umbilical. Ele se contrae na hora do parto expulsando o bebê de dentro do corpo da mãe.
    Já o líquido amniótico não deixa a parede do útero apertar e sufocar o bebê. Outra função é de isolar o bebê do frio e do calor. Amortece os possíveis socos e empurrões que a mãe levar na barriga.
    ATENÇÃO! A medida do bebê dentro da barriga da mãe, informada aqui, é a medida feita da cabeça do bebê até o bumbum (céfalo-caudal).


  • 14º semana: O comprimento do feto varia de 80 a 93mm com peso estimado em 25g.
    Aparece o lanugo, penugem protetora, em todo corpo do bebê. Olhos e orelhas estão na posição correta. Já tem sobrancelhas e as bochechas e a ponta do nariz começam a aparecer.
    Se for menino, a próstata começa a aparecer. Nas meninas, os ovários descem até a pelve.
    O coração da mãe bate mais forte e rápido para bombear o maior volume de sangue.
    Seu útero está do tamanho de um abacate. Os seios começam a se preparar para produzir o colostro, o primeiro alimento do bebê.
    Conhecendo seu corpo - parte II
    Agora falaremos da placenta e do cordão umbilical.
    A placenta permite que o embrião não seja expelido pelo organismo da mulher por ser considerado um corpo estranho. Deixa que o bebê faça trocas com o organismo da mãe só de substâncias boas para ele, o que não é boa a placenta não deixa passar. O crescimento intra-uterino depende muito do bom funcionamento da placenta.
    O cordão umbilical é constituído de duas artérias e uma veia. Vai do umbigo do bebê até a placenta. As artérias levam o sangue com impurezas do bebê para que faça trocas com o organismo da mãe. Assim, a veia traz de volta o sangue limpo e rico em nutrientes e oxigênio.


  • 15º semana: Seu bebê ao fim dessa semana deve medir 103mm e pesar 50g.
    Os cabelos começam a aparecer e os ossos ficam cada vez mais duros por causa da retenção de cálcio. Os braços dobram as articulações.
    Através do ultra-som, é possível distinguir o sexo do bebê. Mas às vezes esse bebê "apronta" e por causa de sua posição não será possível a identificação do sexo.
    A mãe já pode localizar o bebê abaixo do umbigo tateando com as mãos. Dificilmente agora poderá esconder que está grávida, até o quadril está mais largo.
    Sexo na gravidez
    Sexo na gravidez não faz mal a você nem ao seu bebê. O bebê está protegido e o pênis não o alcança.
    O sexo vai depender do seu estado emocional, pois com o turbilhão de hormônios que a gravidez provoca a libido fica alterada. Algumas mulheres sentem mais vontade de fazer sexo enquanto outras não.
    A relação sexual só é contra-indicada em alguns casos de histórico de aborto e quando há perda de líquido amniótico ou sangue.


  • 16º semana: Nesta semana o comprimento do bebê deve variar entre 108 e 116mm e o peso é de 80g.
    As pernas estão mais longas que os braços. O bebê já faz algumas expressões faciais como franzir a sobrancelha e caretas. Que bonitinho!
    Ainda é difícil sentir os movimentos do bebê. Agora que está completamente formado, as preocupações ficam para o crescimento e desenvolvimento.
    Os seios estão mais sensíveis e o útero pode ser sentido abaixo do umbigo.
    Nessa fase, os médicos podem pedir alguns exames de nomes estranhos como alfa-fetoproteína, que serve para indicar problemas como anencefalia e espinha bífida, e a amniocentese, feito com a coleta do líquido amniótico para verificar a existência de algumas doenças genéticas, a maturidade pulmonar, a idade e o sexo do bebê.
    Cuidados com os seios
    Com os seios sensíveis e doloridos, às vezes até com amortecimento da aréola e veias proeminentes, o uso de sutiãs confortáveis e firmes são indicados.
    Não precisa preparar os mamilos para a amamentação como se imagina. Quando o bebê nascer você receberá orientações de como amamentar seu bebê. Se preocupe em obter informações sobre posicionamento e a importância de se amamentar. A dor na hora de amamentar, que algumas mães reclamam, está relacionada à maneira errada como a boca do bebê se posiciona no seio da mãe.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 1:45 pm

  • 17º semana: Com 100g, o bebê agora mede 12cm.
    Uma camada de gordura subcutânea (tecido adiposo) se forma para controle de temperatura do bebê, mas a pele continua translúcida.
    O bebê boceja e já tem impressões digitais. A barriga da mãe está bem arredondada. A partir dessa semana é possível sentir o bebê mexer.
    Devido ao aumento da pressão sanguínea, poderá haver sangramentos em gengivas e nariz da mãe. Não se assuste.
    Não se esqueça de você!
    Converse com seu médico sobre as possibilidades de se fazer atividades físicas. Fazer atividades físicas melhora a circulação sanguínea, você relaxa e descansa.
    Algumas atividades como hidroginástica, ioga para gestantes, massagem linfática e relaxamentos são muito indicados.


  • 18º semana: O bebê mede entre 12 e 14cm e pesa quase 150g.
    Ele escuta seus batimentos cardíacos e os barulhos que o sangue faz ao correr pelo cordão umbilical e um pouco mais para frente escutará tudo o que a mãe falar.
    As retinas se tornam sensíveis à luz e os ovários das meninas já estão diferenciados. O ideal é que a mãe tenha ganhado cerca de uns 5kg.
    Os movimentos do bebê serão sentidos mais fortes. O útero está 2 cm abaixo do umbigo.
    Compras
    Aproveite esse trimestre da gravidez para fazer o enxoval e comprar os móveis do quarto do bebê, pois já não existe o mal-estar do início da gravidez, o perigo do abortamento passou e o peso da barriga ainda não atrapalha na respiração e caminhada.
    É bom visitar maternidades para escolher a que melhor se encaixe em suas necessidades como localização e equipe especializada.


  • 19º semana: O comprimento do bebê deve variar entre 13 e 15cm e pesar 200g.
    Nessa fase de gravidez, os sistemas circulatório, digestivo e urinário funcionam integralmente. O bebê muda de posição e responde a estímulos externos como luz e som.
    Os dentes começam a se desenvolver. Nessa semana (ou na próxima) já é hora de fazer um outro ultra-som, o morfológico, para ver tamanho e peso do bebê, idade gestacional e verificar como está coração, placenta e cordão umbilical.
    O peso extra pode afetar na postura da mulher que já não fica com a coluna ereta, causando dores. Use sapato baixo e tome banhos quentes para aliviar as dores.
    Seu peso hoje
    Só por curiosidade, no seu ganho de peso até agora pode contar que:

    200g é o seu bebê

    170g a placenta

    320g o líquido aminiótico,

    320g o útero

    180g cada seio

    O restante do seu peso refere-se a líquidos retidos fora da circulação sanguínea e gordura armazenada principalmente no abdome inferior, quadris e coxas. Portanto, o ganho considerado de peso é algo absolutamente normal.



  • 20º semana: O bebê nesta semana mede cerca de 16 cm e pesa 260g.
    Forma-se uma secreção das glândulas sebáceas sobre a pele, o vernix, que tem a função de proteger a pele do feto que está imersa no líquido amniótico.
    O sistema nervoso está mais complexo e os cinco sentidos do bebê estão desenvolvidos. O segundo exame ultrassonográfico, se possível com avaliação morfológica, deve ser realizado entre 18 e 24 semanas, para se avaliar o crescimento fetal, identificar as estruturas do feto e determinar o sexo fetal.
    Nesse período de gestação, o útero está na altura do umbigo. Roupas leves e confortáveis devem ser usadas. Entramos na metade da sua gravidez.
    Muito cansaço
    Se você se sentir muito cansada, converse com seu médico. Isso pode ser sintoma de anemia que é ruim tanto para a futura mãe quanto para o bebê.
    Anemia nada mais é que falta de ferro no organismo. O ferro ajuda na formação dos glóbulos vermelhos importantes na oxigenação.
    Os alimentos onde se encontra o ferro são carne vermelha, gema de ovo, fígado e vegetais verde-escuros. Caso precise, seu médico receitará suplemento de ferro.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 2:04 pm

  • 21º semana: O bebê está medindo 18cm e pesando 300g.
    O cabelo do seu bebê fica mais denso e ele pode soluçar de forma que você perceba. O sistema digestivo está em grande funcionamento. O bebê engole o líquido amniótico, seu organismo absorve a água e as substâncias sólidas são mandadas para o intestino grosso.
    Com o bebê cada dia maior, o corpo da mãe poderá inchar, principalmente ao fim do dia. Para melhorar a circulação, beba muita água e descanse com as pernas elevadas. Seja cuidadosa na sua alimentação.
    Manchas
    Por causa do aumento do hormônio estrogênio, pode surgir na pele do rosto da gestante depois de exposta ao sol manchas marrom, principalmente ao redor dos olhos e nariz, chamadas de melasmo.
    Todo cuidado é pouco nessa fase. Cuidados ao se expor ao sol devem ser tomados como o uso de protetor solar, chapéus e óculos de sol.
    Provavelmente as manchas desaparecerão após o nascimento do bebê.


  • 22º semana: Esta semana seu bebê está medindo em torno de 19cm e pesando cerca de 350g. Que gracinha! Sobrancelhas, cílios e unhas estão inteiramente formados. O cérebro cresce rapidamente. As papilas gustativas estão em formação.
    Poucas mudanças aconteceram no corpo da mãe da semana passada para cá. Seu útero está aproximadamente 2cm acima do seu umbigo.
    A gravidez agora é tranqüila, a barriga ainda não está muito grande, mas já é notada e você está livre dos enjôos e azias. Curta o quanto puder esse período, nunca esquecendo dos cuidados orientados pelo médico.
    Viajar
    Você pretende viajar? Que bom! Só não deixe que a viagem se torne problemática e estressante.
    Procure o nome de um hospital próximo de onde irá passar os dias de descanso. Se por um inconveniente precisar de um médico, já saiba onde encontrar um.
    Se for uma viagem longa, evite ficar dentro do carro numa mesma posição, pois é incômodo para você e para a pessoinha que está dentro da mãe. Pare o veículo a cada duas horas para se alongar e melhorar a circulação.


  • 23º semana: O bebê cresceu mais um pouco, agora seu comprimento é de 20cm e pesa 455g. A parte interna do ouvido do bebê se consolida. Ainda magro e com a pele enrugada, o bebê já tem a aparência de quando nascer.
    A sede da mãe aumenta. É preciso beber bastante água. Descanse sempre que puder e evite serviço pesado ou então muito esforço físico.
    Sua barriga está redonda e seu útero a quase 4cm acima do seu umbigo.
    Trabalho
    A grande maioria das mães continua trabalhando normalmente até o fim da gravidez, isto é, até o momento em que se sentem bem.
    O único incômodo é que o cansaço chega mais fácil e o dia parece que não termina. O ideal é que você faça alguns intervalos e aproveite para se alimentar com lanches saudáveis.
    Seu trabalho não pode exigir esforço físico e/ou emocional em exagero, da mesma forma em que não pode ficar exposta a substâncias químicas.
    Caso haja esse entrevero, converse com o seu médico e com seu chefe.


  • 24º semana: A medida do bebê é de 21cm e seu peso cerca de 540g.
    O bebê ouve praticamente tudo e reconhece a voz da mãe em diferentes tons. Pois é. Ele ainda está na barriga, mas já está por dentro de tudo o que se passa. Se souber o sexo, é bom escolher já o nome do bebê e conversar com ele chamando-o pelo nome.
    Nessa fase de gestação, o pequeno já está bastante serelepe. Consegue dar cambalhotas dentro da barriga da mãe e dar chutes e socos fortes.
    O útero deve estar uns 5cm acima do umbigo. Seu corpo está em pleno trabalho e se sentirá mais cansada.
    Câimbras
    Mais à frente, você poderá sentir câimbras principalmente quando estiver descansando. Isso ocorre devido a conseqüências do inchaço gestacional, cansaço e falta de alguns nutrientes.
    Faça sempre alongamentos e inclua em sua refeição alimentos ricos em sódio, potássio e cálcio.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 2:12 pm

  • 25º semana: O comprimento do seu bebê nessa semana pode estar por volta de 22cm e pesar 700g.
    As mãos já abrem e fecham. Que legal! O corpo cresce mais que a cabeça: tronco e membros tornam-se proporcionais. Ainda tem pouca gordura. O bebê já percebe a luz.
    Se o bebê nascer nesta semana, ele tem chances de sobreviver, mas o prognóstico de seqüelas permanentes é grande.
    A mãe pode sentir uma pressão nas costelas e região lombar.
    As estrias podem aparecer, faça uma boa hidratação desde o começo da gravidez.
    Dores nas costas
    É uma reclamação comum das mães.
    Procure estar atenta à sua postura, sempre ereta. Use sapatos baixos e descanse sempre elevando os pés.
    O uso de cinta de suspensão e contenção abdominal é indicado quando orientado por seu médico.


  • 26º semana: bebê deve estar com 23cm de comprimento e pesar 910g.
    Começam movimentos respiratórios primitivos. Os olhos ficam abertos.
    Fase de intensa evolução de peso e amadurecimento dos órgãos.
    O útero da mãe está a quase 7cm acima do seu umbigo. Aumentam as dores de cabeça e nas pernas devido ao peso extra, assim como falta de ar.
    Lembrete
    É importante lembrar que o uso de tinturas, alisantes ou qualquer produto químico no cabelo é prejudicial ao bebê, pois substâncias entram na corrente sanguínea da mãe e podem chegar até o feto.
    Peça orientação ao médico de quais produtos e a partir de quando usar.


  • 27º semana: A medida do bebê é de 24cm e seu peso é de 1000g (1 Quilo).
    As funções do cérebro do bebê se aprimoram cada dia mais. Já tem enormes chances de viver sem seqüelas se nascer prematuramente, mas terá que ficar em incubadora, pois não tem gordura suficiente para deixar seu corpo aquecido.
    O útero da mãe encontra-se a 7cm acima do umbigo.
    A taxa de colesterol pode aumentar, mas é normal. A dificuldade de respirar também aumenta, o feto pressiona os pulmões.
    Nunca esqueça de alimentar-se bem, o bebê necessita de muitos nutrientes sempre.
    Curso para gestantes
    Procure e faça um curso para gestantes.
    Normalmente, os cursos são realizados nas maternidades e nas Unidades Básicas de Saúde do seu Estado. Nele você poderá tirar todas as suas dúvidas com profissionais da área de saúde sobre a gestação, conhecer melhor você e seu bebê, aprender a reconhecer quando chegar a hora do seu bebê nascer. Além disso, os cursos informam sobre amamentação e tipos de parto, momento do parto e os dias que se seguem após o parto.


  • 28º semana: A medida do bebê é de 25cm. O seu peso está em torno de 1100g.
    Os cabelos estão mais compridos e o cérebro bem ativo com formação de dobras específicas. Na 28ª semana, o bebê começa se mexer menos, mas ainda tem espaço para isso.
    Enquanto isso, a barriga da mãe só cresce. O útero está a 8cm acima do umbigo. A dificuldade para respirar a acompanhará até o fim da gestação. Você deve ter ganhado uns 10 quilos.
    Não estranhe se aparecer uma linha escura que vai do umbigo até os pêlos pubianos, chamada de linha negra. Tende a desaparecer até 12 meses depois do nascimento.
    Se fizer mais de 5 anos da última vez que realizou a vacina dupla ou a tríplice, está na hora de programar a sua vacinação antitetânica para prevenir o tétano umbilical, muito comum antigamente e em partos domiciliares.
    Diabetes gestacional
    Cuidado com a glicose excessiva no sangue. Isso acontece também em mulheres não diabéticas, que desenvolvem diabetes durante a gravidez. Tende a desaparecer depois do nascimento do bebê. Mulheres obesas ou que tenham parentes de 1º grau com diabetes têm maior probabilidade de apresentar a doença.
    O diagnóstico é feito através do exame de glicemia em jejum.
    É perigoso e pode causar parto prematuro, aumento de peso do bebê e ele pode ir para UTI quando nascer por hipoglicemia.
    A mãe diabética precisa seguir rigorosamente uma dieta específica orientada pelo médico.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 2:28 pm

  • 29º semana: O comprimento do bebê esta semana é de 26cm e seu peso de 1250g.
    O bebê muda de posição constantemente, adora brincar com o cordão umbilical. Que espuleta, já gosta de brincar! A pele enrugada já desaparece por causa da camada de gordura e está avermelhada.
    Mesma situação encontra-se o sistema nervoso central, também bem desenvolvido e já permite que o bebê controle sua temperatura a partir do nascimento.
    O colostro pode sair do seu peito, com uma aparência amarelada. Seus pés estão maiores. Dessa forma, use calçados confortáveis.
    Nesse período, é comum a mãe começar a ficar ansiosa para o término da gravidez. Há um aumento na secreção vaginal.
    Inchaço
    A redução do fluxo de sangue no corpo da mãe pode causar inchaço nas pernas e nos pés, provocando dores e varizes. Para amenizar os sintomas, é importante fazer caminhadas leves, evitar ficar em pé por muito tempo, tomar muito líquido, descansar com os pés mais elevados que os quadris e usar meias elásticas, necessárias para evitar a formação de varizes.
    Se você já possui varizes, as meias devem ser postas de manhã, ainda deitada e só retiradas à noite na hora de ir para a cama. Desta forma você evita complicações durante o parto e puerpério.


  • 30º semana: A medida do bebê deve estar em torno de 27cm e seu peso 1350g.
    O bebê já passa a ficar na posição do parto normal, isto é, de cabeça para baixo. Nas menininhas, o clitóris está bem à vista, pois os pequenos lábios ainda não o cobriram.
    Nesse terceiro trimestre, o bebê precisa de muitos nutrientes. Faça uma alimentação saudável.
    A mãe poderá sentir-se incomodada ao dormir. A posição ideal é deitar-se do lado esquerdo, porque exige menos esforço e facilita a circulação placentária.


  • 31º semana: A medida do feto essa semana é de 28cm e já pesa 1600g.
    A estrutura óssea do bebê se fortalece. A íris que era opaca torna-se colorida. Agora o crescimento irá diminuir, o bebê ganhará peso. Conforme o bebê vai crescendo e precisando mais de espaço dentro do útero, o líquido amniótico diminui.
    Nessa fase de gestação, a mãe ainda vai sentir dores nas costas, pois os músculos de sustentação começam a contrair e relaxar.
    O útero está a 11cm acima do umbigo. Dormir de maneira agradável fica cada dia mais difícil. Está chegando o dia!
    Segurança
    Sua barriga está grande e redonda e ao usar o carro o cinto de segurança é extremamente desconfortável, não é?
    Lembre-se que o cinto é um equipamento para sua segurança e obrigatório.
    Para melhor acomodação, o cinto deve ser de três pontos e use-o na altura dos quadris, abaixo da barriga. Ajuste-o para não te machucar.
    Não esqueça que daqui algumas semanas um pequeno ser também usufruirá o carro e também precisa de segurança. A cadeirinha de carro é um dos equipamentos mais importantes, pois o bebê irá usá-la logo que sair da maternidade.
    Pode ter certeza que o bebê estará mais protegido na cadeirinha do que em seus braços.


  • 32º semana: O comprimento do feto é de aproximadamente 29cm e seu peso é de 1800g.
    O bebê já está bem parecido com que será quando nascer. O corpo está todo proporcional. As conexões do cérebro sempre mais complexas. A audição mais aguçada.
    Movimenta-se cada vez menos por causa do espaço que tem dentro do útero, mas você sente os movimentos bem fortes.
    O ganho de peso acelerado do bebê reflete diretamente no peso da mãe. Agora seu útero está a 12cm acima do umbigo.
    As contrações uterinas fisiológicas, que preparam o útero para o trabalho de parto, podem ser percebidas.
    A partir de agora, as suas consultas pré-natais devem ser quinzenais, pelo risco de surgimento de patologias como a pré-eclâmpsia (Pressão arterial ³ 140x90, associada a edema e à presença de proteínas na urina) e o trabalho de parto prematuro. Por isso, devem ser novamente solicitados o hemograma, exame de urina e de sífilis.
    Um novo exame ultrassonográfico pode ser solicitado nesta fase para avaliação do crescimento fetal, determinação do peso fetal estimado, avaliação da quantidade de líquido amniótico, inserção da placenta, circulação sanguínea, útero-placentária e feto-placentária, e posição fetal.
    Pediatra
    Já está na hora de escolher aquele que te orientará nos procedimentos com o seu bebê por alguns anos: o pediatra.
    Procure indicações, peça informações com parentes, amigas e seu médico de confiança.
    Depois de selecionado alguns nomes, marque uma entrevista com cada um deles. Escolha o que te passar maior segurança, confiança e credibilidade.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 3:41 pm

  • 33º semanas: O bebê está com 30cm de comprimento e 2000g de peso.
    Acontecem preparações para o bebê viver fora do útero, como o armazenamento de ferro em seu fígado.
    Paralelamente, ele continua com movimentos respiratórios como inspirar o líquido amniótico. O lanugo desaparece.
    Como o bebê está pressionando seus órgãos, o melhor a fazer é ir mais vezes no banheiro e comer mais vezes ao dia em pequenas quantidades.
    Se sentir dores fortes, contate imediatamente seu médico.
    Precaução
    Caso aconteça um parto antes do esperado é bom estar prevenida.
    Deixe a mala do bebê e a sua organizada e pronta para levar à maternidade. Tenha sempre por perto o telefone de algumas pessoas com disponibilidade que possa pedir ajuda em caso de emergência.
    Aproveite e verifique se não falta mais nenhuma peça ou utensílio para completar o enxoval ou quarto do bebê.
    Organize o quarto do bebê.
    Deixe com alguém os telefones de pessoas que você queira que sejam avisadas do nascimento do seu filho.


  • 34º semana: A medida do bebê nesta fase é de 32cm com peso em torno de 2300g.
    A pele do bebê está lisa devido ao ganho de peso. O sistema imunológico evolui.
    Na 34ª semana de gravidez, o bebê se prepara para o parto. Apesar dos ossos já estarem fortificados, os do crânio não estão conectados, que é para facilitar a sua passagem pelo canal vaginal na hora do parto.
    Nessa fase, a mãe deve continuar sentido contrações indolores chamadas Braxton Hicks, conhecidas como falso trabalho de parto. Só preste atenção se for mais que quatro contrações por hora durante o descanso, pois podem ser sinal de parto prematuro.
    Ajuda
    Você tem alguém para te ajudar como uma mãe, uma sogra ou uma empregada? Não! Então é bom começar a pensar nisto.
    Dessa fase em diante, você se sentirá cada dia mais cansada e sem fôlego, aliada à uma barriga enorme e incômoda. Não poderá realizar muito esforço físico e por isso precisará de alguém que te ajude nos serviços domésticos.
    E quando o bebê nascer, suas atenções estarão voltadas para ele. Quando o queridinho da família te der uma folga é hora de descanso e não de pensar nos problemas da casa. Mais uma vez a importância de alguém que te ajude com os afazeres domésticos.



  • 35º semana: O comprimento do feto chega a 33cm e seu peso a 2550g.
    A partir dessa época, os pulmões produzem uma substância chamada surfactante, que faz com que eles sequem e deixem de ser imaturos.
    O bebê nessa semana já pode "descer", deixando a barriga mais baixa. Devido ao ganho de peso, ele já é um bebê "gordinho".
    Como o bebê "desceu", ele não pressiona tanto os seus órgãos e você respira melhor, mas pode sentir dores na parte inferior da coluna.
    Procure seu médico imediatamente se houver inchaços na face e nas mãos, pode ser sinal de pré-eclampsia, isto é, hipertensão que restringe a circulação sanguínea para a placenta, muito perigoso.
    Seu útero está 15cm acima do seu umbigo.
    Conversas
    Seu bebê escuta desde cedo e reconhece a voz da mãe mesmo dentro da barriga.
    Converse muito com seu bebê, diga o quanto ele é querido e amado por você e pelo papai. O bebê sente todo esse carinho e fica mais tranqüilo.
    Se durante a gestação a mãe ou pai cantar sempre uma música para o seu bebê, pode se preparar que vocês terão surpresas após o nascimento do nenezinho. Sabe por quê? Simples, porque o bebê se acalmará ao escutar a canção que o embalou durante boa parte da gravidez, assim como ficará mais tranqüilo ao ouvir a voz da mãe.


  • 36º semana: O comprimento do bebê está em torno de 34cm, com peso de 2750g.
    Ao se mexer, espreguiçar ou trocar de posição, o bebê, conseqüentemente, desalinhará sua barriga. Nessas situações, será possível identificar o bracinho ou então a perninha da criancinha.
    Por volta da 36ª semana, o bebezinho começa a diferenciar que ao dia a movimentação da mãe é mais intensa que à noite.
    Para garantir a saúde materno-infantil, as consultas médicas a partir de agora se tornam semanais.
    É comum a realização de um exame chamado cardiotocografia anteparto ou monitoragem fetal, feito semanalmente, cujo objetivo é avaliar o bem estar fetal.
    A ansiedade e alteração de humor nessa fase são muito grandes. A expectativa quanto ao parto e se o bebê vai nascer bem são as maiores dúvidas.
    O útero está bem abaixo das suas costelas.
    O parto normal
    Quando as contrações começam, dilatam o colo do útero em até 10cm (abertura suficiente para o bebê sair) e isso pode durar até 18 horas.
    Na sala de parto, a mãe toma a anestesia peridural que tira a dor, mas não a sensação. O bebê é expelido pelas contrações e nasce. A placenta é eliminada em seguida.
    Se houver demora, o médico usa de medicamentos para induzir o parto.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
Danizittha
Admin


Mensagens: 56
Data de inscrição: 02/07/2009
Idade: 24
Localização: Vila Nova de Gaia

MensagemAssunto: Re: Gravidez- semana a semana   Sex Jul 10, 2009 3:51 pm

  • 37º semana: O bebê está medindo 35cm e pesando 2950g.
    Agora não há grandes mudanças, o bebê cresce e ganha peso. Ele está maduro e pode nascer a qualquer momento, principalmente a partir do fim dessa semana.
    O bebê já está na posição que irá nascer, fazendo o médico decidir se vai ser parto normal ou cesárea.
    Você estará um pouco mais aliviada em relação a dores e respiração. Um corrimento vaginal mais forte pode aparecer. Qualquer alteração deve ser informada ao médico.
    Com o bebê de termo, as consultas pré-natais devem ser semanais, com avaliação ginecológica para conferir a dilatação do colo uterino, a integridade da bolsa amniótica e o pólo fetal que está se apresentando.
    Pré-termo, termo e pós-termo
    Uma gestação que se encerre antes da 37ª semana é chamada de gestação pré-termo.
    Gestação termo é aquela que dura entre a 37ª semana e a 42ª semana incompleta.
    Já a gestação que tem duração de 42 semanas ou mais é conhecida como pós-termo.


  • 38º semana: O bebê essa semana deve medir 35cm e pesar 3100g.
    O cabelo do bebê está sedoso e os lóbulos das orelhas estão endurecidos por cartilagem. Os ossos possuem boa flexibilidade e os órgãos sexuais estão totalmente desenvolvidos.
    Com a proximidade do "dia D", a mãe deve continuar sentindo as "falsas contrações", um excelente treino para a hora do parto. Essas contrações são irregulares e sentidas nas costas, baixo ventre e bacia.
    As contrações verdadeiras são regulares e em tempos cada vez mais freqüentes e duradouros. Na verdadeira contração, a bolsa de água poderá se romper.
    Parto cesárea
    A indicação da cesárea é feita para mulheres com hipertensão, diabetes, infecções sexualmente transmissíveis e eclampsia. O parto cesariana também é indicada se o bebê estiver em sofrimento fetal, se não estiver na posição ideal, se sua placenta estiver com deslocamento prematuro ou se a gestação for prolongada.
    Depois de aplicada a anestesia, o obstetra corta sete camadas de tecido até chegar ao útero, onde faz uma incisão para retirar a criança e a placenta. Depois limpa toda cavidade do útero, terminando com as suturas.


  • 39º semana: Nesta semana o bebê está com 36cm e pesa em torno de 3250g. Que bebezão! Meninos são geralmente mais pesados do que as meninas.
    Os bebês acumulam gordura até o fim da gestação, já que perdem peso logo que nascem e precisam dela para regular sua temperatura.
    Pulmões estão maduros e o intestino já tem as primeiras fezes do bebê, chamada de mecônio.
    Em razão da iminente possibilidade de um novo bebê surgir ao mundo, o banheiro passa a ser a segunda "casa" da mãe. Fique sempre atenta aos sinais das contrações e rompimento da bolsa. Se isso acontecer, avise seu médico e vá para a maternidade.
    O ideal seria a mãe ter engordado até agora no máximo uns 15 kg. Mas é claro que isso depende muito de mulher para mulher.
    Quanto ao útero, ele varia dentro da sua barriga, podendo estar até 20 cm acima do seu umbigo.
    Vontade de fazer xixi
    Você saberia responder o motivo de você ir constantemente ao banheiro durante toda gestação?
    O primeiro motivo é o aumento do hormônio progesterona no organismo da mãe. A outra causa é o crescimento do bebê juntamente com o útero que pressionam a bexiga, aumentando a vontade de ir ao banheiro.
    Só fique alerta ao sentir dor ou ardor ao fazer xixi. Isso não é normal e deve ser comunicado imediatamente ao seu médico.


  • 40º semana: A medida cefalo-caudal do bebê é de 38cm da cabeça até o bumbum, mas sua medida total é de 48 cm. Seu peso deve estar em torno de 3500 g.
    O espaço do bebê dentro do útero é quase nenhum, por isso se movimenta pouco. Ele está todo coberto pelo vernix, que, como já comentamos, é uma substância esbranquiçada.
    O dia do nascimento deve estar programado para essa semana, mas é normal que se prolongue por até mais duas. Se a gestação se prolongar, deve ser acompanhada de perto pelo seu médico.
    Se a bolsa de água romper, não se desespere. Depois da bolsa rompida, as contrações podem demorar a aparecer. Ligue para seu médico, que te orientará o que fazer.
    Caso as contrações comecem, avise seu médico.
    Amamentação
    Não deixe de amamentar seu bebê, somente em casos que seja contra-indicado, como mães com HIV positivo, vírus da hepatite ou em tratamento quimioterápico.
    O leite materno previne doenças e alergias, além de desenvolver a musculatura oral da criança, importante na mastigação, deglutição, sucção, respiração e fala.
    Caso não tenha outra orientação médica, o leite materno deve ser exclusivo até os seis meses de idade.
    Procure sempre um lugar tranqüilo e confortável para amamentar e beneficiar o seu vínculo afetivo com o bebê.
    E não esqueça do seu marido, chame-o para participar de todos os seus momentos e do bebê de vocês.


Fonte: guia do bebé

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kalonzinha.blogspot.com
 

Gravidez- semana a semana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Alex filmando em Nova York essa semana
» 7 Sintomas de Gravidez Bizarros
» Testes de Ovulação e Gravidez
» GRAVIDEZ - FECUNDAÇÃO AO NASCIMENTO
» Sintomas da gravidez: 0 a 4 semanas de gestação

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Rabinho de saia ::  :: -